Você conhece seu perfil ideal de consumidor?

O papel do planejamento estratégico no marketing digital é indiscutível, e parte do sucesso desse planejamento começa conhecendo as personas da sua empresa.

12 meses já se passaram desde que as empresas (nem todas ainda) perceberam que precisavam do online para sobreviver a pandemia. O papel do planejamento estratégico no marketing digital é indiscutível, e parte do sucesso desse planejamento começa conhecendo as personas da sua empresa.


Se você resolver o problema da sua persona e fizer um bom trabalho de divulgação, você com certeza terá bons resultados. Só que para isso é preciso conhecer muito mais do que o já conhecido termo "público-alvo".


Pra quem ainda não está familiarizado, personas são perfis de pessoas dentro do seu público-alvo que possuem características diferentes. Essas características podem ser idade, gênero, renda, escolaridade, preferências, hobbies e por aí vai.


Quando você pensa no seguinte público: Homens e mulheres, dos 18 aos 50 anos que gostam de música e shows, o que vem na sua cabeça? Talvez o público-alvo de um bar, certo? Mas como pensar em separar esse target em pessoas distintas para assim conseguir criar propagandas específicas para essas pessoas?


Parece impossível, né? Mas não é!


Vamos para um exemplo de persona: Cláudia, tem 30 anos, é solteira, formada, trabalha como supervisora de vendas. Ganha R$4000 por mês. Aos finais de semana gosta de se encontrar com as amigas para conversar e descontrair. Gosta de frequentar bares que oferecem várias opções de bebidas, toquem música ao vivo e não tenham muita "bagunça".


Mais um exemplo: João Pedro, tem 19 anos, solteiro, trabalha próximo a região de bares da cidade. Tem um salário considerado médio e gosta sair com o grupo de amigos aos finais de semana para frequentar bares locais. Gosta de interagir com as pessoas, assim como conhecer novas. Não gosta de cerveja, só toma destilados. Curte muito escutar música alta, seja aonde for.


Se pararmos para pensar, as duas personas estão dentro do público alvo que mencionamos agora pouco. Mas, pense se você fosse (ou for) proprietário de um bar e esse público que citamos fosse (ou for, rs) o mesmo que o seu: como você iria vender o seu bar para essas duas pessoas?


Você acha que conseguiria agradar essas duas personas completamente diferentes, a depender do tipo de bar que você tem? De nada adianta você estar nas redes sociais de maneira genérica, é preciso que você conheça quem são suas personas e crie conteúdo segmentado para elas.


É fácil pensar nas personas? Não? Um segmento pode ser mais fácil do que o outro, mas é preciso pensar fora da caixa e se desafiar a pensar nos tipos de perfis que existem dentro do seu público alvo. Podem ser 2, 3, 5, e você precisará conhecer cada um deles, para assim identificar qual é a "dor" desse indivíduo e se apresentar a ele como o "remédio" correto.


Vender todas as empresas querem, mas essa história de achar que dá para vender para qualquer tipo de pessoa é equivocada. Se você não sabe para quem você tem que falar, como você vai criar um anúncio de mídia paga para impactar essa pessoa se você nem sabe o que ela quer da sua empresa?


Conhecer o perfil ideal de consumidor é essencial, e partir do momento que você descobrir esse perfil e começar a criar anúncios mais segmentados, você vai nos agradecer por ter lido essa matéria.


Se você quer saber mais sobre o tema, converse conosco e agende uma consultoria gratuita. Nós te mostraremos o caminho e como podemos ajudar a sua empresa.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo